Fernando Luz

A dieta da banana, os formadores de opinião e meu novo tênis velho

Posted in marketing, monólogos by fernandoluz on fevereiro 9, 2009

banana-suicida_1Este fim de semana, minha sogra e sua irmã começaram a fazer uma dieta milagrosa. É tudo muito simples, basta comer uma banana pela manhã e ficar à vontade para deliciar-se com o que bem entender durante o dia. A promessa é de que, nos casos mais extremos, se perca um quilo diariamente. Fácil, né?

Você, astuto leitor, já deve estar imaginando que somente duas senhoras de meia idade poderiam cair neste conto da carochinha. Pois saiba que você está – tal qual este que vos escreve estava – redondamente enganado. Milhares de pessoas no mundo inteiro estão seguindo esta dieta e esperando os efeitos milagrosos da tal dieta da banana. A ponto de a fruta tropical ter se tornado alimento de luxo no Japão, país onde a moda iniciou-se.

Tudo começou com uma cantora de ópera que afirmou, em rede nacional Japonesa, que tinha emagrecido sete quilos na última semana sem muito sacrifício, graças à dieta criada há pouco por uma farmacêutica e seu marido.

Não tardou para que o casal escrevesse um livro que foi um verdadeiro sucesso de vendas e tornou a dieta mais popular que nota de um real, não somente em terra nipônicas, mas em todo o mundo, sendo acatada, inclusive, por atores e cantores famosos em terras ocidentais.

Daí a chegar ao ouvido de uma amiga da amiga da irmã da minha sogra: um pulo.

Conclusão: Graças à lei da oferta e da procura, o preço da banana subiu 200%, no Japão.

Quando eu era adolescente, sonhava como adolescente e agia como adolescente. Agora que sou jovem, continuo tentando realizar meus sonhos de adolescente. Entre eles, comprar todos os tênis de Skate que meus ídolos da época usavam – embora eu não ande mais de skate.

Nunca tive um tênis que durasse mais que seis meses. Explico, quando gosto de uma coisa, a uso em demasia, o que acarreta alguns problemas na durabilidade do produto. Em outras palavras, sou desleixado. Tendo em vista meu relaxo, não costumo reclamar da qualidade dos produtos que compro. Porém tudo tem limite.

Há cerca de um mês eu comprei um tênis, que uso mais ou menos três vezes por semana, sendo que fui para a academia com ele umas quatro ou cinco vezes. Só. Como já disse, não ando mais de skate, logo, não faço nada que possa deteriorar tão rapidamente um sapato. Porém, acredite, o tênis está acabado.

O que estas histórias têm em comum? Os formadores de opinião.

Pois sim. Ambos, minha sogra e eu, fomos influenciados por um modelo ao qual queríamos nos assemelhar, por mais que seja difícil admitir. E os dois deram com os burros n’água.

Os tão famosos formadores de opinião – leia-se artistas, atores, vizinha-rica, jornalistas ou o cara mais popular da faculdade – fazem um grande bem à marca ao recomendá-la, usarem-na ou, simplesmente mentir, dizendo que a usam. Eles fazem com que nós experimentemos os produtos. O que já é meio caminho andado, desde que o produto realmente seja aquilo que ele disse que era.

Agora se o produto não for tudo aquilo: FAIL.

Conquistar o cliente é muito importante, mas o que faz uma marca, de verdade, é a fidelização. E para fidelizar o peão, propaganda não é suficiente. O produto precisa ser, realmente, bom.

David Ogilvy, disse certa vez que o que você diz é sempre mais importante do que como você diz. Entende a importância do conteúdo, seja de um tênis, uma fruta, um site ou uma campanha?

Marketiamente falando, vivemos em tempos de relacionamento com o consumidor. Tempos em que as propagandas de milhões por segundos são para anunciar um hot-site da campanha. Em época de crise, cada centavo é ainda mais valioso. Se pudesse dar um conselho para os anunciantes diria: Gaste milhões com formadores de opinião, sim, porém, tenha certeza que seu produto é realmente sensacional.

Agora, como publicitário, penso que se for para gastar com banners, breaks, compras de mídia e afins, que seja com um propósito: Chamar o consumidor para uma conversa. Mas uma boa conversa. Bom conteúdo, bons diálogos. Para que ele volte sempre. Afinal, se não podemos mexer no produto. Podemos, pelo menos, mexer nas campanhas.

Precisamos vender os produtos com verdade. Até porque se minha sogra não emagrecer, meu consumidor achar meu site bonitinho, mas bobinho e meus próximos tênis dessa marca não durarem mais, sabe o que vai acontecer?

Tudo vai acabar a preço de banana. O antigo.

Anúncios

4 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Bill Szilagyi said, on fevereiro 10, 2009 at 12:20 am

    Ora, vejam só.

    Depois nos conte se sua sogra realmente emagreceu, pois eu ando comendo muita banana, só que pra ganhar uns quilos.

    Quanto aos formadores de opinião, eu a você não deixamos de sê-los. De qualquer forma, não daquele tipo, mas dos que falam sobre algo despretenciosamente e não para sua promoção simplesmente. Fora do escritório, diga-se de passagem.

  2. fernandoluz said, on fevereiro 10, 2009 at 10:41 am

    Fala Bill!

    Pois é. Somos todos formadores de opinião, direta ou indiretamente! 🙂

    O grande lance é que as marcas saibam aproveitar essa galera que influencia, nem que seja um pouquinho, com produtos/campanhas bons(oas). Afinal, sai bem mais barato que patrocinar um Ronaldinho da vida. 🙂

    Abraço

  3. Weight Loss Success said, on março 2, 2009 at 12:57 am

    Hello,
    Nice blog, I just found it and I’m already a subscriber
    I recently went down 30 pounds in 30 days, and I want to discuss my weight loss success
    with your readers. I described my experience
    on my blog, and I would appreciate your feedback!

    If I can lose that much weight then any one can. Whatever you do, don’t give up and you WILL
    achieve all your weight loss goals!
    much thanks for reading,
    Joan
    Most recent blog post: dietrich mateschitz and

  4. margarida said, on julho 2, 2009 at 11:53 pm

    eu devo ser um caso extremo pq comecei ontem a dieta e ja perdi um kilo , e nem faço nada de especial , tou em casa a estudar para exames e passo a vida a comer, nem me controlo muito :s, coisa qe devia..
    mas todas estas dietas assim , fazem perder peso mas se agora tbn ajudam a mante-lo isso é qe pouquissimas fazem…
    ja experimentei a sopa milagrosa e a dieta da seiva ,e funcionam e consegui manter o peso mas tbn ainda sou nova o meu organismo mais facilmente se habitua a este tipo de dietas , com a minha mae a sopa nao fez nem metade dos resultados qe fez em mim …


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: